Publicado em Deixe um comentário

NOVIDADES DA AUTODATA – FEVEREIRO 2021

Foram disponibilizadas 1156 atualizações de informação técnica, incluindo tempos de reparação, procedimentos de verificação de bateria, planos de revisão, sistema de monitorização da pressão dos pneus, esquemas elétricos, alinhamento das rodas, pontos de apoio para elevação, programação das chaves, correções e boletins, travões de mão elétricos, embraiagens e muito mais. Este lançamento inclui 23 variantes de novos veículos.

Os automóveis a gasolina e a gasóleo atualizados este mês incluem:
Dacia Duster (HJD) (2017-) 1,5 Blue dCi 115 (2018-2021), Fiat 500X 1,0 (2018-2021), Fiat Egea (2015-) 1,3 MultiJet (2018-2021), Ford Fiesta (2017-) 1,0 EcoBoost (2019-2021), Hyundai i20 (2020-) 1,4 MPi (2020-2021), Jeep Renegade 1,3 T-GDI (2018-2021), MG MG3 (2008-) 1,5 (2015-2018), MINI Countryman (F60) (2017) 1,5 Cooper S E (2020-2021), Mitsubishi Eclipse Cross (2017-) 1,5 (2017-2021), Nissan Navara (D23) (2016-) 2,3 dCi (2019-2021), Seat Leon ST (5F8) (2013-2020) 2,0 X-PERIENCE (2018-2020), Volkswagen Arteon (3H8/3H9) (2020-) 2,0 TSI (2020-2021), Volvo S60 (2018-) 2,0 B3 (2020-2021) e Volvo V90 (2016-) 2,0 B4 (2020-2021).

Os automóveis híbridos, elétricos e GPL atualizados este mês incluem:
Volvo S90 (2016-) 2,0 Recharge T8 (2020-2021) e Volvo V90 (16-) 2,0 Recharge T8 (2020-2021).

Os VCL adicionados este mês incluem:
Ford Transit Courier (’14) 1,0 SCTi EcoBoost (2018-2021), Nissan e-Evalia (ME0) elétrico (2018-2021), Peugeot Partner IV (2018-) 1,5 BlueHDi (2018-2021) e Volkswagen Caddy/Caddy Maxi (SAx) (2015-2021) 1,2 TSI (2015-2019).

NOVAS MELHORIAS DAS FUNCIONALIDADES
As mudanças significativas deste mês foram feitas nos bastidores para melhorar o desempenho, a estabilidade e a segurança da nossa ferramenta online para oficinas enquanto parte do desenvolvimento contínuo da Autodata. Tal garante que o produto funciona de maneira consistente e eficaz para todos os técnicos, fornecendo as informações necessárias, quando necessário.

Em breve
Ao longo dos próximos meses, a Autodata continuará a fazer atualizações adicionais para melhorar a experiência do utilizador e garantir que os subscritores recebem sempre as informações técnicas mais recentes e funcionalidades inovadoras:
• Novos modelos e atualizações de veículos
• Novos códigos de avaria e informação de reparação
• Novos planos de revisão
• Funcionalidades melhoradas
• Novos módulos

@Ver artigo original em www.autodata-group.com

 

 

Publicado em Deixe um comentário

O que significa regulação de combustível?

O OBD-II (a segunda geração de padrões de diagnóstico integrado) foi introduzido em 1996, especificando parâmetros para conectores de diagnóstico juntamente com um formato normalizado para códigos de avaria (DTC, diagnostic trouble codes). Por exemplo, se o módulo de controlo do motor (ECM, engine control module) detetar uma falha de ignição, a mesma deve ser registada na forma de um código “P” (grupo motopropulsor). Um P0301 significa que o ECM detetou uma falha de ignição que pensa ser do cilindro 1. O resultado, dentro do razoável, foi que um dispositivo de diagnóstico deve ser capaz de consultar qualquer computador integrado de veículo compatível.

O padrão OBD-II também introduziu a regulação do combustível a curto e longo prazo.

Este mês, os engenheiros da Autodata analisam os reguladores de combustível, incluindo o que são, o que significam e como encontrá-los.

O objetivo da regulação de combustível a curto prazo é adicionar ou subtrair combustível com base na forma como o motor está a funcionar. A regulação de combustível a longo prazo adiciona ou subtrai combustível com base numa tendência que o ECM veja.

Se houver uma consistência de +10% a curto prazo, o ECM irá mover para longo prazo e o curto prazo será redefinido para 0%. Nem todos os veículos seguem esse fluxo. Por exemplo, alguns modelos da Toyota adicionam imediatamente a regulação de combustível a longo prazo.

O que significa regulação de combustível?
Se vir uma regulação de combustível positiva (a curto ou longo prazo), o ECM decidiu que o motor estava sem combustível com base nas leituras do sensor de oxigénio dianteiro (pré-catalisador) ou do sensor de proporção ar/combustível.

Esta seria uma regulação de combustível pobre. Se, no entanto, a regulação de combustível for positiva, o ECM está a tirar combustível. É denominada a regulação de combustível rica.

Geralmente, o ECM procura manter a proporção estequiométrica ar/combustível – teoricamente 14,7 partes de ar e uma parte de combustível, embora os veículos, na realidade, tenham uma tendência mais para pobres. Este número reflete especificamente a mistura ao nível do mar e mudará com a altitude. Em alguns casos, o ECM irá disparar para uma mistura tão pobre como 22:1.

Como encontro as regulações de combustível?
Um dos problemas mais comuns ao tentar utilizar regulações de combustível é que vários fabricantes da indústria automóvel dão nomes diferentes às suas regulações de combustível. Os técnicos podem presumir erradamente que a sua leitura não cobre as regulações de combustível ou que o ECM não as regista.

O guia abaixo cobre exemplos de algumas das terminologias não normalizadas usadas por diferentes fabricantes.

Fabricante Regulação a curto prazo Regulação a longo prazo Notas
Subaru A/F Correction A/F Learn
Honda ST FT LT FT Utiliza decimais onde 0,90 é -10% e 1,10 é +10%
Nissan Valor combinado ‘Alpha’ Valor combinado ‘Alpha’ Utiliza decimais onde 100 é +0%

Regulação de combustível versus lambda
Os veículos do parque europeu podem exibir um valor lambda. Lambda 1,00 indica uma proporção ar/combustível de 14,7/1. Leituras mais baixas significam uma quantidade menor de ar por unidade de combustível (ou seja, rica). Leituras mais elevadas significam mais ar por combustível ou, por outras palavras, pobre; confusamente, o oposto da regulação de combustível! Para ver as regulações de combustível tradicionais a curto e longo prazo num veículo utilizando valores não normalizados ou lambda, aceda ao OBD genérico sem especificar um fabricante.

Procure facilmente os Códigos de avarias de regulação de combustível com a Autodata Diagnostic & Repair
O módulo de pesquisa Códigos de Avaria da Autodata contém falhas e correções relacionadas com as regulações de combustível, incluindo a rápida localização do componente e esquemas elétricos relativos ao ECM, aos sensores de oxigénio e muito mais. Pesquise o código ou palavras-chave do problema para encontrar correções verificadas no equipamento original.

Os clientes a utilizar atualmente a Service & Maintenance da Autodata podem atualizar para a Diagnostic & Repair. Para mais informações, ou para experimentar hoje a solução abrangente Diagnostic & Repair da Autodata, vá a www.infortronica.pt

@ver artigo original em: https://www.autodata-group.com/pt/news/industria/o-que-significa-regulacao-de-combustivel

Publicado em Deixe um comentário

Novidades no Autodata para motociclos – Outubro 2020

AUTODTA MOTOCICLOS: Como parte do desenvolvimento contínuo da Autodata para acompanhar sempre as necessidades de uma oficina moderna, as atualizações regulares permitem-lhe aceder mensalmente aos mais recentes modelos de veículos, atualizações de informação técnica por parte dos fabricantes, os módulos mais recentes da Autodata e melhorias das funcionalidades.

ADIÇÕES E ATUALIZAÇÕES DE VEÍCULOS
Foram lançadas 183 atualizações de informações técnicas para motocicletas, cobrindo 89 motocicletas, scooters, motos-quatro e motociclos todo-o-terreno.

Os motociclos atualizados este mês incluem:
Aprilia Tuono V4 1100 Factory
 130 (175) 11000 Euro 4 (2017-2018), Ducati Streetfighter V4 153 (208) 12750 (2020-2020), Ducati Superbike Panigale V2 114 (155) 10750 (2020-2020), Fantic Caballero 500 FlatTrack 32 (43) 8500 (2017-2020), Fantic Caballero 500 Scrambler 32 (43) 8500 (2017-2020), Kawasaki KLX 230R (2020-2020), Kawasaki KLZ Versys 1000 88 (120) 9000 (2019-2020), Kawasaki Ninja 1000 SX 105 (142) 10000 (2020-2020), Kawasaki Z-Series 125 Pro (BR125H/J) (2016-2020), Kawasaki Z-Series 900RS Café (ZR900E) 82 (111) 8500 (2018-2020), Kawasaki ZX H2 Ninja (ZX1002J) 170 (231) 11500 (2019-2020), KTM 390 Adventure 32 (43) (2020-2020), KTM 890 Duke R 89 (119) 9250 (2020-2020), Moto Guzzi MGX-21 Flying Fortress 71 (96) 6500 (2017-2020), Moto Guzzi V7 III Stone S 38 (52) 6200 (2020-2020), Triumph Bonneville Bobber TFC 64 (86) 6250 (2020-2020), Triumph Thruxton 1200 RS 77 (103) 7500 (2020-2020), Triumph Tiger 900 Rally Pro 94 (70) 8750 (2020-2020) e Yamaha MT-03 31 (42) 10750 Euro 5 (2019-2020).

NOVAS MELHORIAS DAS FUNCIONALIDADES
As mudanças significativas deste mês foram feitas nos bastidores para melhorar o desempenho, a estabilidade e a segurança da nossa ferramenta online para oficinas enquanto parte do desenvolvimento contínuo da Autodata. Tal garante que o produto funciona de maneira consistente e eficaz para todos os técnicos, fornecendo as informações necessárias, quando necessário.

Em breve
Ao longo dos próximos meses, a Autodata continuará a fazer atualizações adicionais para melhorar a experiência do utilizador e garantir que os subscritores recebem sempre as informações técnicas mais recentes e funcionalidades inovadoras:
• Funcionalidade de pesquisa melhorada
• Novos modelos e atualizações de veículos
• Novos planos de revisão
• Funcionalidades melhoradas

Publicado em Deixe um comentário

Novidades da Autodata – Setembro 2020

Como parte do desenvolvimento contínuo da Autodata para acompanhar sempre as necessidades de uma oficina moderna, as atualizações mensais permitem-lhe aceder aos mais recentes modelos de veículos, atualizações de informação técnica por parte dos fabricantes, os módulos mais recentes da Autodata e melhorias das funcionalidades.

ADIÇÕES E ATUALIZAÇÕES DE VEÍCULOS
Foram disponibilizadas 4107 atualizações de informação técnica, incluindo tempos de reparação, procedimentos de verificação de bateria, planos de revisão, sistema de monitorização da pressão dos pneus, esquemas elétricos, alinhamento das rodas, pontos de apoio para elevação, programação das chaves, correções e boletins, travões de mão elétricos, embraiagens e muito mais. Este lançamento inclui 175 variantes de novos veículos.

Os automóveis a gasolina e a gasóleo atualizados este mês incluem:
Alfa Romeo 33
 1,4 (1987-1990), Audi Q7 (4MG) (2019-) 3,0 60 TFSI e (2020-2020), Bedford HA 1,25 (1978-1983), BMW 3 Series (E90/91/92/93) (2005-2014) 2,0 320d (2010-2014), Citroën C5 II 3,0 (2004-2008), Fiat Ducato (1994-2002) 1,9 Turbo (1998-2002), Ford Sierra (1987) 2,0 4×4 (1989-1993), Jeep Wrangler (JK) (2007-2018) 3,6 (2012-2018), Land Rover Range Rover Sport (L320) (2005-2013) 4,2 Supercharged (2005-2009), Nissan Kubistar (X76) 1,5 dCi (2006-2009), Peugeot 405 1,9 Turbo (1992-1995), Peugeot 406 Coupe 3,0 (1997-2001), Renault 5 (B/C/S40) (1985-1996) 1,1 (1985-1993), Renault Scenic/Grand Scenic II (J84) (2003-2009) 2,0 (2008-2009), Toyota Landcruiser (70 Series) (1985-2002) 3,4 (1985-1989), Volkswagen Passat (CB2/CB5) (2019-) 2,0 TDI SCR (2019-2020), Volvo S60 (2018-) 2,0 T6 Polestar (2019-2020) e Volvo V90 (2016-) 2,0 Cross Country T6 Polestar (2016-2019).

Os automóveis híbridos, elétricos e GPL atualizados este mês incluem:
Audi SQ7
 (4MG) (2019-) 4,0 TDI MHEV (2019-2020), Citroën Berlingo/Berlingo First I/II 1,4 LPG 4×2 (2003-2011), Mercedes-Benz EQV (447) (2019-) elétric 300 (2019-2020), Seat Tarraco (KN2) (2019-) 1,4 TSI PHEV (2020-2020) e Volkswagen Passat (CB2/CB5) (2019-) 1,4 GTE híbrido (2019-2020).

Os VCL adicionados este mês incluem:
Ford Transit Connect
 (2014) 1,5 EcoBlue TDCi (2018-2020), Nissan Cabstar (F24) 3,0 (2011-2014), Toyota Hiace/PowerVan (1995-2012) 2,4 (1996-2002) e Toyota Dyna (1986-1997) 2,4 (1988-1997).

Novas melhorias das funcionalidades
As mudanças significativas deste mês foram feitas nos bastidores para melhorar o desempenho, a estabilidade e a segurança da nossa ferramenta online para oficinas enquanto parte do desenvolvimento contínuo da Autodata. Tal garante que o produto funciona de maneira consistente e eficaz para todos os técnicos, fornecendo as informações necessárias, quando necessário.

Em breve
Ao longo dos próximos meses, a Autodata continuará a fazer atualizações adicionais para melhorar a experiência do utilizador e garantir que os subscritores recebem sempre as informações técnicas mais recentes e funcionalidades inovadoras:
• Novos modelos e atualizações de veículos
• Novos códigos de avaria e informação de reparação
• Novos planos de revisão
• Funcionalidades melhoradas
• Novos módulos

Publicado em Deixe um comentário

RENAULT MEGANE III – VEÍCULO COM MAIOR NÚMERO DE REVISÕES EM 2019

A 01 de janeiro de 2020, a Bracknell – Autodata, parte da Solera Holdings, Inc., líder global em gestão de riscos e ativos e soluções de software para a indústria automóvel e para o setor dos seguros, anunciou hoje a publicação do seu relatório Veículos com Maior Número de Revisões em 2019.

Em Portugal, o novo veículo com maior número de revisões foi o Renault Megane III (B/D/E/K95) (08- 17), substituindo o Renault Clio II/Clio Campus/Clio Storia (B/C/S65) (98-13) que cai para a segunda posição no relatório deste ano. O Opel/Vauxhall Astra-H (A04) posicionou-se na terceira posição.

O novo Veículo Comercial Ligeiro (VCL) com maior número de revisões foi o Citroen Berlingo III, substituindo o Renault Kangoo (F/K76) (98-09) que caiu para a terceira posição. O motociclo com maior número de revisões foi o Honda PCX.

Para além de destacar os veículos com maior número de revisões, o relatório indica algumas tendências importantes no setor de pós-venda da indústria automóvel. Quando combinados todos os mercados, o fabricante com maior número de revisões no geral foi a Ford. No entanto, uma constatação notável é a preponderância contínua da Volkswagen, que se posiciona em primeiro lugar como a marca com o maior número de revisões em 55% dos países inquiridos. A Renault foi a marca com maior número de revisões em Portugal.

O relatório também reforça a predominância das marcas nacionais como sendo os veículos com maior número de revisões nos seus respetivos países. Na Alemanha, a totalidade dos dez primeiros lugares foram atribuídos a veículos alemães e o mesmo aconteceu com carros franceses em França. Em Itália, os veículos italianos representaram 50% dos dez primeiros lugares e, na Suécia, os carros suecos representaram 70% dos dez primeiros lugares, com os modelos da Volvo a ocupar as três primeiras posições.

Em Portugal, os fabricantes europeus dominaram os 10 veículos híbridos com maior número de revisões, ocupando sete das dez posições com o Peugeot 508 (11-18) a manter a sua posição em primeiro lugar no relatório do ano passado. O Model S (13-) da Tesla ficou na primeira posição como o veículo elétrico com maior número de revisões depois de não ter aparecido no top 10 nos dois últimos relatórios. Também ficou na segunda posição a nível internacional, demonstrando o aumento contínuo da popularidade da marca Tesla em todos os mercados.

A nível internacional, o Relatório de Veículos com Maior Número de Revisões de 2019 foi liderado pelo Opel/Vauxhall Corsa-D, com o Ford Focus (ano do modelo de 2004 e modelo do ano de 2008) a permanecer em segundo, com o Nissan Qashqai/Qashqai +2 (J10) a ocupar a terceira posição. O Veículo Comercial Ligeiro (VCL) com maior número de revisões foi o VW Transporter T5 (04-15), que se mantém na primeira posição pelo terceiro relatório consecutivo, enquanto que o motociclo com maior número de revisões foi o Honda CBR.

Mais de 85.000 oficinas subscrevem as aplicações da Autodata que geram este relatório. A nível global, os 3 módulos de produtos mais acedidos da Autodata incluem o óleo do motor, as especificações técnicas e o comando de veio de excêntricos. No total, os técnicos verificaram mais de 47 milhões de documentos com informações técnicas através da Autodata.

Top dez de veículos – Portugal

1 Renault Megane III (B/D/E/K95) (08-17)

2 Renault Clio II/Clio Campus/Clio Storia (B/C/S65) (98-13)

3 Opel/Vauxhall Astra-H (A04)

4 Renault Megane II (B/C/E/G/K/L/S84) (02-10)

5 Mercedes-Benz Classe C (203) (00-08)

6 Peugeot 206

7 Opel/Vauxhall Corsa-D (S07)

8 Renault Clio III/Clio Collection (B/C/K/S85) (05-15)

9 BMW Série 3 (E90/91/92/93) (05-14)

10 Opel/Vauxhall Corsa-C (X01)

Rod Williams, Diretor-Geral da Autodata, afirmou: “A evolução contínua do produto pela Autodata permite-nos fornecer aos clientes recursos técnicos cada vez mais valiosos. Os dados da nossa extensa base de dados global permitem-nos ver onde existe procura de conteúdo, para que possamos fornecer as informações mais solicitadas e atualizadas às oficinas.”

Se pretender uma cópia completa do relatório, consulte a página staging.mw.autodata-group.com/corporate/msv

Finaliza…

Sobre os dados contidos neste relatório

As regiões destacadas neste relatório são os 20 países (21 para motociclos) com o maior número de assinantes da Autodata. Para determinar os veículos com maior número de revisões, analisámos a utilização das aplicações de informações técnicas da Autodata desde o início de abril de 2019 até ao fim de setembro de 2019.

Se pretender partilhar ou usar quaisquer informações contidas neste relatório, cite-nos (Autodata, 2019) e garanta que o conteúdo é usado no contexto deste relatório. Se pretender usar qualquer conteúdo deste relatório online, cite a Autodata e coloque uma hiperligação para  staging.mw.autodata-group.com

Para obter mais informações sobre este relatório, entre em contacto com os autores através do email media@autodata-group.com